Quando acaba o encanto

74
Quando acaba o encanto
© Envato

Qual é a melhor ferramenta para ‘consertar’ o relacionamento?

Não é exagero afirmar que é a busca da felicidade que leva duas pessoas a se casarem. Os momentos bons lá do início despertaram esse desejo comum a todo ser humano. Deste modo, logo imaginam um futuro feliz.

Só que casamento não é feito só de bons momentos e os tempos ruins chegaram. Talvez um dos dois tenha começado a pensar que o sonho acabou, que a felicidade não é mais possível e que a separação é a melhor saída.

Imaginem se alguém fizesse o mesmo no trabalho…

Se toda vez que aparecesse um problema na empresa, a pessoa desistisse do emprego ou do negócio, ou se toda vez que uma dor ou doença aparecesse, a pessoa mandasse amputar a parte do corpo afetada.

Para termos sucesso na vida, temos de aprender a resolver problemas – e não é diferente no casamento.

A melhor ferramenta

Todo ser humano, em algum momento da existência, experimenta emoções como alegria, tristeza, raiva, prazer, desânimo, frustração e muitas outras. Mas há uma ocasião em que elas são perigosas: na hora de resolver problemas.

Emoção é a ferramenta errada para lidar com conflitos e dificuldades conjugais

Quando enfrentam situações difíceis no trabalho, por exemplo, as pessoas costumam recorrer à inteligência. Esta sim é a ferramenta adequada.

No casamento, é comum deixarmos os sentimentos falarem mais alto quando os problemas chegam. Só que, no calor da emoção, não resolvemos nada e ainda criamos novos contratempos. É como tentar arrancar um prego com uma chave de fendas. A ferramenta errada não ajuda muito e ainda pode magoar.

Procurem resolver os problemas e diferenças da vida conjugal, usando a inteligência e a razão. Não ajam por impulso. Pensem antes de falar e agir.

  • Trecho extraído do livro ‘120 minutos para blindar seu casamento’.

A dupla Cristiane e Renato Cardoso compartilha a experiência de mais de três décadas de casamento, abordando problemas comuns a muitos relacionamentos e apontando caminhos para superá-los. Com dicas eficazes que ajudam solteiros e casados a alcançar ou a manter um relacionamento feliz, ultrapassando as adversidades do cotidiano, a ‘aula’ divertida aborda assuntos variados e orienta casais através de diversos quadros.

Sábados, 18:00 (Lisboa/Londres)